SOBRE SER DESIGNER

Ser designer no mercado global exige aptidão para atuar sem perder a visão estratégica, contribuir para aumentar a competitividade do produto brasileiro, meta principal das indústrias brasileiras que buscam ampliar seu mercado interno e conquistar o externo e ao mesmo tempo, ter condições para disputar o mercado de consumo com as indústrias estrangeiras. 

 

É imprescindível focar toda atenção na racionalização da produção e na redução do custo de produtos. O designer de um modo geral tenta absorver todas as novidades da informática, mesmo que esta esteja em constante renovação.

 

Geralmente está atualizado com as novidades da área. O designer gráfico foca seu talento na área editorial buscando as novas tendências para a construção de uma peça gráfica eficaz que atenda ao seu cliente e ao mercado tão exigente. 

 

Criar uma peça gráfica moldada nas tendências atuais, linhas curvas que remetem a globalização, é muito fácil, a grande dificuldade consiste em criar sem abrir mão do talento natural, da criatividade, do feeling que nem sempre o profissional gráfico possui ou pode demonstrar, pois, nem toda arte é aprovada pelo cliente, às vezes aquela nos tomou pouco tempo é a aprovada. Mas, de tudo, resta apenas a grande verdade: a criatividade exige mais transpiração do que inspiração.

 

Nos últimos anos, novas modalidades de design têm sido inseridas no cenário profissional, é o caso do designer ambiental, profissional que procura reduzir o impacto causado pela produção em grande escala das indústrias poluindo assim, o meio ambiente, desenvolve e utiliza materiais alternativos, uma combinação de diferentes matérias-primas evitando assim o desperdício.

 

Outro é o designer cênico que projeta palcos para o teatro, a música, o balé, e cenários para o cinema e produções de TV.

 

O web design, que projeta websites e apresentações gráficas para a Internet.

 

O design de vitrines, seu foco são as lojas, tornando-as mais atrativas ao público e em consequência existe um aumento das vendas.

 

Há ainda o design de joias esse, de grande importância no cenário de Minas Gerais, já que as matérias para seu trabalho são em grande maioria extraídas de solo mineiro e o design de interfaces, projetando as telas de e interfaces dos programas para o computador.

 

O design deve priorizar a funcionalidade e o estilo. As pessoas sempre associam design ao bom gosto e a algo bem feito.

 

Os melhores recursos que temos para descobrir o design são os nossos sentidos, visão e tato são importantes e devem ser empregados em nosso dia a dia como ferramenta essencial à criação.

 

Rute Gouvêa

Designer e produtora gráfica